abdominoplastia-salvador

Está pensando em fazer uma Abdominoplastia em Salvador? Entenda um pouco mais sobre o procedimento.

Através da abdominoplastia, remove-se o excesso de gordura e de pele. Assim, restaura-se os músculos enfraquecidos, tornando a área do abdômen mais tonificado. Existem alguns fatores para que isso aconteça, como por exemplo, gravidez, fatores genéticos, alterações de peso, envelhecimento, etc.

A anestesia poderá ser local com sedação ou geral. Geralmente, a incisão é horizontal, na área entre a linha do umbigo e do púbis. Caso necessário, poderá ser feita uma incisão em torno do umbigo a fim da remoção do excesso de pele na parte superior do abdômen.

A cirurgia pode demorar de 2 a 4 horas, dependendo do caso. O período de internação pode variar de 2 a 4 dias.

No período de recuperação, aconselha-se o uso de bandagens elásticas ou cintas de compressão para minimizar o inchaço. Em alguns casos, o médico faz uso de drenos somente para retirar o excesso de sangue ou fluido.

O resultado só começa a ser observado em torno de 2 meses, pois nesse período já haverá a redução do inchaço. É muito importante a postura do paciente e não praticar qualquer esforço físico.

 

Objetivo:

Corrigir o abdômen e melhorar a forma retirando o excesso de pele e gordura e corrigindo a musculatura da parede abdominal.

Candidatos:

Homens e mulheres com abdômen desproporcional à estrutura corporal, abdômen em avental, deformidade da parede abdominal e estrias. Os casos mais comuns são mulheres após a gravidez.

Cicatrizes:

O comprimento da cicatriz depende da quantidade de pele que precisa ser retirada. Geralmente a cicatriz fica escondida pelas roupas, até mesmo trajes de banho.

Tempo cirúrgico:

2h a 4 h.

Anestesia:

Bloqueio peridural, raquianestesia e geral, em alguns casos

Internação e Ambulatório:

No mínimo de 24 horas de internação. A mini-abdominoplastia pode ser feita em regime de hospital dia, mas a internação por 24 horas é mais confortável.

Período de recuperação:

Os curativos são trocados em dias alternados nas duas primeiras semanas.
Uma cinta poderá ser usada durante 20 a 30 dias.
Os pontos são retirados entre a primeira e a segunda semanas.
Se usados drenos, poderão ser retirados em alguns dias.
Volta ao trabalho: 2 a 3 semanas.
Esforços físicos, exercícios e exposição ao sol: 4 a 6 semanas – em alguns casos o tempo é maior.
Desaparecimento ou aplanamento das cicatrizes: entre 3 meses e dois anos.

Complicações Possíveis:

Coleção de líquido (seroma) embaixo do retalho.
Possibilidade de aparecimento de quelóides (cicatrizes grossas) em pacientes com tendência.
Dor temporária, tratável com analgésicos.
Inchaço, sensibilidade, insensibilidade da pele abdominal, equimoses e cansaço por algumas semanas.

Detalhes:

Quem planeja ficar grávida no futuro ou perder peso deve discutir o assunto antes da cirurgia.
As cicatrizes de cirurgias abdominais anteriores pode influir e limitar os resultados da abdominoplastia.
Pode haver uma melhora nas estrias localizadas abaixo do umbigo, onde a pele será retirada.
As estrias da pele acima do umbigo ficam menos visíveis quando a pele é esticada.

Cirurgias Combinadas:

Às vezes a Lipoaspiração pode ser usada em lugar de uma Abdominoplastia ou em conjunto com ela.

Veja também Mini Abdominoplastia.

Para mais informações, conheça o Dr. Sandro e suas especialidades ou entre em contato.